top of page

Informativo Quinzenal

VEJA COMO SUA IES PODE OFERTAR CURSOS TÉCNICOS


A inclusão produtiva de jovens com Ensino Médio e Técnico é uma realidade constatada pelas pesquisas[1]. Mais do que isto, os resultados mostram que os egressos do Ensino Técnico têm mais chance de ocupar vagas em serviços como comunicação, tecnologia e saúde.


Outro dado relevante da pesquisa destaca que os gestores de RH afirmam que a falta de qualificações impede novas contratações. Portanto, o conhecimento técnico somado às competências socioemocionais são critérios combinados para a contratação.


Inclua o Ensino Técnico na oferta da sua IES

A Portaria MEC/314 traz um novo cenário de oportunidades para as IES. A mudança é importante, pois as IES poderão iniciar a oferta sem ter que passar pela antiga burocracia de credenciamento e autorização pelos Conselhos Estaduais de Educação. Agora as IES podem ter autonomia em ofertar cursos técnicos presenciais ou a distância.


Você ainda não sabe como funciona?


Acompanhe as dicas para sua IES se preparar para a oferta de cursos técnicos:


  1. Os indicadores de qualidade do MEC sempre foram estratégicos para sua IES. O MEC exige IGC ou Conceito Institucional ‒ CI, igual ou superior a 3 (três) como critério mínimo; E, exige CPC ou CC, igual ou superior a 4 (quatro) no Curso de Graduação da área de conhecimento correlata ao Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio que sua IES pretende atuar.

  2. A atuação em municípios fora da Sede será nos polos de educação a distância. Os polos em situação ativa dos cursos de graduação correlatos irão se caracterizar como os locais de oferta, presencial ou a distância dos cursos técnicos, e como unidade de ensino no SISTEC.

  3. O número máximo de vagas a serem ofertadas em cursos técnicos são os equivalentes ao limite de vagas autorizadas para o curso superior correlato, observado o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos.

  4. A forma de oferta será presencial ou na modalidade EAD, com pedido específico para cada.

  5. Sua IES pode atuar nas formas de Ensino Técnico subsequente ou concomitante ao Ensino Médio, podendo prever possibilidades de saídas intermediárias com certificações, as quais deverão estar especificadas no Plano de Curso.


Criação de portfólio integrado

  1. Você já pensou em uma arquitetura de cursos com um portfólio integrado? É possível você pensar em um itinerário formativo que pode iniciar com a formação inicial de capacitação profissional, avançar para o curso técnico, e depois seguir para uma graduação tecnológica e especialização na área de conhecimento. Esta nova forma de planejamento e oferta é a chamada Verticalização do Ensino. Ela permite que seu aluno tenha uma formação teórico-prática avançando em níveis de conhecimento.

  2. O curso técnico na modalidade EaD deverá assegurar condições de atendimento às necessidades de aprendizagem de seus estudantes, garantindo a logística de distribuição de material didático e acervo bibliográfico virtual ou físico, seja em seus ambientes virtuais de aprendizagem, na sua plataforma tecnológica, ou em seus laboratórios móveis.

  3. Atenção ao Plano de Curso, pois nele deverão estar presentes os componentes curriculares, as plataformas e tecnologias, os materiais didáticos, as interações entre os instrutores e estudantes, as ambiências presenciais e online, bem como o sistema de avaliação

  4. Mais do que um novo produto que irá gerar novas receitas e ampliar seu leque de atuação, os cursos técnicos irão inserir sua IES em mais um campo de formação em sua comunidade local, regional ou nacional.

  5. Já pensou em ser qualificado por seu aluno como uma IES que potencializa o self service? Educação permanente, iniciando a trajetória formativa em cursos de qualificação que podem culminar numa formação em nível de especialização?

  6. E, por fim, fique atento aos cenários contemporâneos de uma educação online ou híbrida que busca preparar seus alunos em competências, soft skills e metodologias integradas a teoria e prática. Será um sucesso!


Entre em contato com a Hoper para tirar dúvidas e construir os caminhos para esta nova oportunidade para a sua IES.


[1] Inclusão Produtiva de Jovens com ensino médio e técnico: Experiências de quem contrata. Disponível em: Apresentação do PowerPoint (observatorioept.org.br)




Jucimara Roesler

Consultora da Hoper Educação




 

ATENÇÃO: Não é permitida a reprodução integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é permitida apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime (Lei 9610/98).

 

638 visualizações

Comments


Leia Mais

bottom of page