top of page

Informativo Quinzenal

SIMPLIFIQUE SUA OPERAÇÃO: COMO CRIAR UM CATÁLOGO DE PRODUTOS PARA SUA IES

Para identificar oportunidades de mercado, as pesquisas de oferta e demanda são importantes para apresentar o comportamento dos consumidores em determinadas praças, o quanto estão dispostos a pagar e os atributos que foram considerados para escolha de uma determinada instituição de ensino.


Em qual área você sente mais dificuldade na hora de criar um portfólio atraente de cursos?

  • Conseguir maior aderência

  • Conquistar o engajamento dos estudantes

  • Perceber e aproveitar as tendências de mercado


Diante do cenário de recursos escassos, momentos incertos e tempos de mudanças, é possível construir um portfólio atraente em sinergia com os conteúdos existentes e as necessidades do mundo moderno do trabalho e da criatividade, considerando algumas premissas:


Aderência

As matrículas dos cursos de graduação EAD ainda estão concentradas nos cursos de gestão e licenciaturas. Preste atenção nos cursos de Administração, Contábeis, Marketing, Recursos Humanos, Logística, Gestão Comercial, Processos Gerenciais, Gestão Financeira, Pedagogia e Letras que estão se tornando exclusivos da oferta EAD.


Estes cursos possuem alto grau de comunalidade de conteúdos, com possibilidade de oferta compartilhada em sistema carrossel, unindo alunos de diferentes cursos e períodos, otimizando os recursos institucionais.


O fenômeno da cauda longa também existe na Educação e pode ser aproveitado no desenvolvimento de novos produtos. Aposte em um modelo simples de oferta com conteúdos dinâmicos e muitos vídeos (preferencialmente de curta duração) com reforço de aulas ao vivo e alto grau de suporte/atendimento aos alunos.


Relevância

É possível enriquecer o catálogo de oferta de cursos, otimizando os conteúdos existentes e criando clusters nas áreas de Engenharia, Tecnologia e Saúde. Para isso, construa o curso de Engenharia de Produção em sinergia com o curso de Administração e Contábeis, crie núcleos comuns com Engenharia Civil, Elétrica e Mecânica, invista nos laboratórios virtuais, espaço maker e atividades práticas em ambientes profissionais de trabalho.


Na área de Tecnologia, trabalhe por projetos, realize parcerias e desenvolva um time com pensamento inovador, capaz de criar bootcamps, hackathons e eventos diversos.


Comande a área de Saúde com viés tecnológico, sem os resquícios dos laboratórios subutilizados do passado. Implante a cultura dos laboratórios virtuais, dos vídeos 360º, da realidade aumentada e virtual, dos objetos 3D, da interação em ambientes digitais e das práticas orientadas em espaços preparados para o desenvolvimento de competências específicas.


Encontrar o formato de oferta e o modelo de realização das atividades presenciais é o desafio para garantir a aprendizagem e promover o engajamento dos estudantes de Educação Física, Fisioterapia, Estética e Cosmética e Biomedicina.


Tendência

É a disposição natural que leva algo ou alguém a se mover em direção a outra coisa ou pessoa (inclinação). Muito cuidado com isso. Se todos se moverem na direção da tendência, logo vira moda.


Quando o curso de Direito EAD for aprovado, possivelmente será para todas as instituições de ensino que aguardam a portaria de autorização. Logo, teremos mais oferta do que demanda, gerando uma nova guerra de preços, que parece não ter fim.


A tendência é perceber que os cursos de Gastronomia, Nutrição e Enfermagem ocuparão cada vez mais espaço no híbrido (semipresencial), do que no presencial. Mais do que tendência, é a real necessidade de aplicar metodologias inovadores para cursos tradicionalmente presenciais como Direito, Odontologia, Medicina, Psicologia e Arquitetura.


Para estes casos, o uso das tecnologias educacionais deve funcionar como potencializador da capacidade do professor para dinamizar suas aulas e permitir um aprendizado mais significativo.


Com tanta oferta de cursos EAD e semipresenciais, entenda o seu público e a melhor forma de fazer a oferta dos conteúdos virtuais (40%). Uma alternativa que permite gerar mais engajamento é implementar o modelo de sala de aula invertida, com 40% da carga horária de cada disciplina, realizada de maneira online por meio de leitura prévia, estudos de caso e aplicações práticas.


Inovação

Fazer algo diferente requer uma pitada de audácia e com os insumos corretos, é possível vislumbrar o que está por vir e colocar a sua instituição de ensino na vanguarda. Uma das maneiras de construir cursos inovadores é estar próximo de entidades representativas e utilizar as informações disponíveis no mercado para criar cursos que ainda não estão consolidados, mas apresentam um alto potencial de crescimento.


Os cursos da área de Tecnologia com seus desdobramentos de Big Data, Analytics, Cloud, Internet das Coisas, Blockchain, Inteligência Artificial, Robótica, Web Mobile permitem o desenvolvimento de cursos experimentais, com alto grau de atratividade e reconhecimento do mercado que necessita de profissionais qualificados.


Inovar é criar mapas de aprendizagem e permitir que os alunos escolham as trilhas que desejam desenvolver, sem necessariamente precisar escolher um curso.

Inovar é acompanhar a jornada do estudante, identificando as competências que estão sendo desenvolvidas para propor novos desafios e auxiliar no projeto de vida e carreira profissional. Em um mundo cada vez mais conectado, os projetos internacionais precisam ganhar destaque não só na divulgação, mas também, na prática e na formação do aluno.


Não esqueça das certificações intermediárias para todos os casos, elas auxiliam na colocação profissional, no desenvolvimento de novos negócios e estimulam os estudantes a persistirem na jornada.




Jeferson Pandolfo

Consultor da Hoper Educação




 

ATENÇÃO: Não é permitida a reprodução integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é permitida apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime (Lei 9610/98).

 

385 visualizações

Comments


Leia Mais